Páginas

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Amar o próximo


DINÂMICA

Material: Desenhar um ônibus, com várias janelinhas. Cada janelinha tem um número. Cartões numerados de 1 á 10. Sortear a ordem dos participantes. O primeiro deverá escolher uma janelinha. EX: número 2, então deverá pegar o cartão número 2 e ler a pergunta, analisá-la e dizer o que está errado, como que deveria ser. Perguntar se isso é amar o próximo.




Situações retiradas do site: www.searadomestre.com.br

Situações

1) Mário saiu com a avó e a mãe para um passeio. Foram ao parque de diversões e ele andou em vários brinquedos. Depois Mário decidiu que queria comer sorvete, mas estava gripado e sua mãe não permitiu.
O menino se emburrou e passou o resto da tarde reclamando e brigando com a mãe e a avó, impedindo que elas aproveitassem o passeio.

2) Rafael estava em um aniversário na casa de Antônia. Entrou sozinho em uma sala escura e , sem querer, derrubou um vaso azul, que estava sobre a mesa.
Quando a mãe de Antônia ouviu o barulho do vaso quebrado, entrou na sala, mas não havia mais ninguém. Perguntou, então à Rafael, que estava próximo à porta da sala, se ele sabia quem tinha quebrado o vaso. Rafael disse que não tinha sido ele, mas que ele tinha visto Pedro e Henrique sair da sala depois de ouvir o barulho do vaso quebrado.

3) A turma estava jogando um torneio de vôlei na escola de Ana. O time adversário sacou, e a bola foi dentro, prejudicando o time de Ana. Mas, antes que todos percebessem que a bola tinha sido dentro, Ana falou: Fora! E gritou tão alto e tão forte, que todos acreditaram que a bola tinha sido fora. O time de Ana ganhou o ponto da partida.

4) João saiu com Paulo e Tide para ir ao cinema. No caminho pararam no armazém de seu Joaquim. Paulo e Tide pegaram, cada um, duas barras de chocolate, sem que o dono do armazém percebesse. João ficou surpreso e tentou alertá-los de que aquela titude estava errada.
Paulo e Tide riram de oão, por não ter roubado nada. João acabou voltando para casa sozinho, sem ir ao cinema, bastante preocupado com a atitude de seus companheiros.

5) Mariane foi dormir na casa de Luísa. A mãe de Luísa apagou a luz do quarto e mandou as meninas dormirem quando eram 11 horas da noite.
As duas meninas não obedeceram e conversaram e brincaram até as 3 horas da madrugada. No dia seguinte, tiveram dificuldade para acordar na hora certa e chegaram atrasadas na escola. Não conseguiram prestar atenção na explicação de matemática e estavam mal-humoradas. No recreio, elas tiveram uma discussão, pois ambas pareciam estar cansadas, com pouca paciência e acabaram brigando.

6) Paula está arrumando seu quarto com a ajuda da mãe. As duas separaram uma porção de brinquedos que Paula não brinca mais há muito tempo.
A mãe de Paula pediu que a menina trouxesse uma sacola para colocar os brinquedos que a menina não usa mais, a fim de que possam levar até o Centro Espírita, onde serão doadas para as crianças carentes. Quando Paula trouxe a sacola, disse que não queria dar os brinquedos que haviam siso separados, pois gostava muito deeles e não queria que mais ninguém brincasse com eles. A menina queria que eles ficassem guardados no guarda-roupa, pois sabia que não iria mais brincar com eles, mas eram muito bonitos e ela queria guardá-los.

7) Na casa de Ana a família faz o Evangelho no Lar todas as sextas-feiras, às 9 horas da noite. Nesta semana, Antõnia não queria participar do Evangelho porque tinha ganhado um jogo novo e queria continuar brincando. A mãe de Ana disse que a menina tinha que participar e a garota teve que obedecer.
Durante a realização do Evangelho no Lar Ana não quis fazer a prece, nem a leitura e ficou o tempo todo empurrando o irmão menor.

8) Lívia é aluna nova na classe de Raíssa. Elas nunca conversaram, mas Raíssa disse que não gosta de Lívia e que lea é muito chata. Lívia tem tido dificuldade para fazer novos amigos porque Raíssa não quer que suas amigas sejam também amigas de Lívia.

9) A turma de Taís vai fazer uma excursão. Eles vão decidir o destino através de uma eleição.
Taís quer muito ir para uma fazenda. Durante a última a última semanaela fez campanha para que todos votem para irem à fazenda. Para convencer os colegas Taís inventou que na fazenda há muitas coisas legais, como piscina e um parque, que ela sabe que não existem no local.

10) A turma de Mônica está fazendo uma prova de matemática. Antônia não sabe a resposta da última questão. Ela olha para a prova de Clarissa e vê que a menina já respondeu a última questão. Antônia olha mais uma vez e consegue ver a resposta da colega.

AMAR AO PRÓXIMO É FAZER AOS OUTROS O QUE DESEJAMOS QUE FAÇA A NÓS.





0 comentários: