Páginas

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Emoções



Hoje vamos falar sobre as emoções. Aliás, essa foi uma das atividades abordadas no EMEERJ (Encontro de Mocidades Espíritas do Estado do Rio de Janeiro), no dia 07/06/09, cujo o tema foi: "Viver além dos Sentidos!". Onde eu, junto com outros evangelizadores, tivemos uma ótima experiência junto aos jovens.
Falar de emoções e sentimentos é sempre algo delicado, pois mexe com o íntimo de cada um.


QUESTIONAMENTOS:

* Como você costuma agir a situações de raiva, frustração, ciúme e inveja?

* Depois de uma reação de raiva você sente dor de cabeça, dor de estômago, febre, enjôo, cansaço?

* Após uma boa nota na prova, um favor que você faz, um carinho que você recebe, o que sente?

* Como fica o seu corpo?

* Que companhias espirituais você atrai?

* Você ouve suas emoções?

*Você se vê por dentro?

* Que tipo de pessoa você quer ser?



**Sugestão de texto para trabalhar o tema**.


A música:

CAMPOS DA MENTE
(Ana Claudia Bittencourt)

Como está o teu ouvir?
Como está o teu falar?
Como está o teu agir?
Como está o teu pensar?
Como alimentas os campos da mente?
Como educas o teu pensar?
Se uma idéia é como semente
Pronta para germinar
Como está o teu sentir?
Como está o teu sonhar?
Como está o teu servir?
Como está o teu amar?
Como partilhas
As bênçãos da vida?
Como conduz
Teu caminhar?
Se a união é força divina
Pronta pra te levar
Sente como deve ouvir
Sonha antes de falar
Age pra melhor servir
Pensa como é bom amar
Chuva de luz nos campos da mente
Fazem o amor brotar
Hálito bom de paz confiança
Liberdade no ar.


ESSAS PEGUNTAS DEVEMOS FAZER A NÓS MESMOS A CADA DIA!!!

*DINÂMICA DAS EXPRESSÕES.

Fazer a famosa brincadeira da "batata quente".

* Eu tenho uma batata de pelúcia rsrs, quem quiser fazer, deixo aqui o molde.
É só cortar o pano em contorno oval e preencher com plumante.

Tem 12cm de largura e 16cm de altura.

Molde da carinha.




Parou a música - tarefa (quadrados de cartolina com expressões diversas)
Imitar a expressão mostrada e os oustros amiguinhos terão que adivinhar.
Finalizar com depoimento dos jovens que fizeram a imitação.





0 comentários: