Páginas

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

O Livre Arbítrio





Objetivo: Levar os pequeninos a entenderem, que Deus nos deu o Livre Arbítrio. Na verdade, fomos nós que ecolhemos estar nessa condição. Afinal, o Pai, não nos criou egoístas, orgulhosos, arrogantes... Nós é que sujamos o nosso perispírito (a roupinha do espírito). Tudo isso, fruto do mau uso da nossa liberdade. Aliás, uma falsa liberdade, pois podemos escolher o que plantar, mas somos obrigados a colher e não temos escolha.

* Explicar que o Livre Arbítrio está ligado a Lei de Causa e Efeito. Pois, tudo que fazemos de errado é registrado e teremos que responder mais cedo ou mais tarde pelos nossos atos.




* EXEMPLO: O que você escolhe?

Abaixo, as atitudes e suas conseqüências:

1) Tomar gelado estado gripado: ficar doente.

2) Não escovar os dentes: cárie, mau-hálito...


3) Estudar para prova: tirar notas boas, passar de ano...

4) Mentir: ninguém quer ser nosso amigo, ninguém acredita mais em nós...

5) Tomar banho: Estar sempre limpinho, cheiroso, zelo pela casa do espírito...

6) Ficar muito exposto ao sol: câncer de pele, queimadura, ensolação...




Dinâmica:

Nome: Que estrada você quer percorrer?

Material: palitos de picolé, lápis e cartolina.

Organização do material: Cada aluno com um lápis, colar nos palitos de picolé as afirmativas.

Exemplo:

*Eu escolho ser invejoso;
*Eu escolho falar sempre a verdade;
*Eu escolho não colocar apelido nos meus amiguinhos;
*Eu escolho dividir o pão;
*Eu escolho brigar com os meus amigos;
*Eu escolho desobedecer meus pais;
Eu escolho ajudar a minha mãe nas tarefas do lar...

Desenvolvimento: O aluno que começa, escolhe um palitinho e lê o que está escrito. Vamos supor que foi: Eu escolho falar sempre a verdade, então aonde está a linha pontilhada (Veja na foto) ele vai com o lápis cubrir uma parte do caminho (uns 6 tracinhos, a critério do evangelizador). Feito isso , é a vez de outro amiguinho que escolhe como exemplo: Eu escolho brigar com os meus amigos, então ele não vai continuar o caminho, vai passa a vez. Explicar que o espírito não regride, ele só estaciona.
E assim a brincadeira prossegue.



Próxima postagem: O Perdão.

Até breve!!! =)


0 comentários: