Páginas

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Os sentidos.







OBJETIVO: Mostrar a importância dos sentidos em nossa vida.
Muitas vezes passam desapercebidas as nossas percepções.

Um sentido está ligado ao outro.

Vamos começar pelo sentido da audição.

* Que tipo de músicas estamos ouvindo?
*Que companhias atraímos para nós através do que ouvimos?

*Que tipo de música é ouvida no mundo espiritual?
*Que instrumentos são tocados lá?

Explicar que no mundo espiritual ouvimos músicas tranqüilas e de paz, não existe funk, músicas com letras de duplo sentido...

Quanto aos instrumentos, um que é pouco tocado aqui é a arpa. Mas muito utilizado no mundo espiritual, assim como o violino, o violão...





DINÂMICA.

1) Vendar os pequeninos. (Fiz a venda de TNT amarelo e na altura dos olhos colei uma tira de EVA).

2) Colocar para eles ouvirem vários sons, como:

*Sugestões:

- Reconhecer sons específicos ambientais: campainha do telefone, batida na porta, tique-taque do relógio...

- Reconhecer sons humanos não verbais: choro, grito, tosse...

- Identificar sons de instrumentos musicais;

- Adivinhar o que o professor faz: bater palmas, rasgar papel, amarrotar papel...

_ Identificar o material sobre o qual o professor bate com uma régua: vidro da janela, madeira, lata...

_ Identificar o objeto que está dentro de uma caixa, pelo som produzido pelo mesmo, ao se sacudir a caixa;

_ Reconhecer o conteúdo de latinhas cheias de pedrinhas, sementes, areia etc, pelo ruído que elas produzem;


_ Juntar, aos pares, latinhas que produzem o mesmo som;


_Bater palmas ao ouvirem palavras iguais;


EXEMPLO: pato-pato, mato-mato, pato-mato.


_ Sacudir um chocalho toda vez que ouvir palavras começadas por determinadas sílaba;


Exemplo:


bo: copo, bolo, bule, boca, boneca.





3) Dinâmica do rolo de barbante.


Formação: De pé, em círculo.

Material: Um rolo de barbante grande.

Desenvolvimento: O primeiro participante deve, segurando a ponta do barbante dizer um som que identificou e passar o rolo para um amiguinho (que ficará a sua escolha). A criança agarra o rolo, segura o barbante e fala também um som que ouviu e joga para outro e assim a brincadeira prossegue. Ao final torna-se uma "teia grande".

Conclusão: Explicar que os nossos sentidos estão ligados uns aos outros, pois ao colocar a venda, eles estão imaginando através da mente o som ouvido. Se for o som do mar, por exemplo, começamos a imaginar como ele é, o cheiro que tem, se tem gosto, se é algo que podemos tatear....

Apliquei essa dinâmica no EMEERJ e os pequeninos adoraram!


Outras sugestões de dinâmicas.

Clique nas imagens para ampliar.




Fonte: Rocha Vicente Leitão, Iniciação desportiva.


PRÓXIMA POSTAGEM: O Tato.

Até breve!!!

0 comentários: