Páginas

domingo, 23 de maio de 2010

O amor de Deus.





Objetivo: Compreender que Deus estabeleceu em sua bondade e justiça o mesmo ponto de partida e a mesma liberdade para todos.


Provas do amor de Deus:

* Deus nos criou iguais. Se existem diferenças, fomos nós que criamos.
Optamos pelo livre-arbítrio.

* Deus dá a cada um a oportunidade da reencarnação.

*A oportunidade de ter um corpo físico para habitarmos nesse planeta.

* Ao reencarnarmos, ganhamos um guia espiritual para nos acompanhar na caminhada, além de outros protetores, como: anjo da guarda, anjo guadião e um cicerone.

* Capítulo V do Evangelho:

- "Bem-aventurados os que choram, pois serão consolados."

Justiça das aflições.
"Jesus promete que o sofrimento terreno será compensado noutras vidas..."


-O esquecimento do passado.
"Ao nascermos, não nos lembramos nada do que fomos em outras vidas. Graças a Deus! Já pensou se nos lembrássemos que fomos tiranos, assassinos e crués? Seria um peso terrível! O renascimento nos dá nova chance. Se fomos ruins, poderemos pagar nossa conta , aprendendo a nos tornar amorosos..."

-O mal e o remédio.

"Diante do mal o remédio vem do alto:
o amor de Deus. Portanto, tenha fé na espiritualidade. Ela virá em seu socorro oferecendo-lhe soluções. Para isso terá de praticar a máxima de Cristo: "Ame ao próximo como a si mesmo. "Melhor começo não haverá para o início de uma nova e prodigiosa vida."


Perda de entes queridos.

A vinda da terceira revelação: O Espiritismo, vem revelar ao homens que a vida não se encerra aqui, que voltaremos para o nosso lugar de origem: O Mundo Espiritual. Com o esclarecimento, ficamos conscientes que não devemos chorar por nossos entes queridos, pois eles vivem em um outro plano.

Várias são as manifestações do amor de Deus. São tantas!!! Nem dá para colocar tudo aqui. É só olharmos a nossa volta, há sinais do amor de Deus por toda parte.


*
E nós? Quando é que manifestamos nosso amor a Deus???






0 comentários: