Páginas

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Livro dos Espíritos : Lei de Reprodução



População do globo.

É necessário que as pessoas se reproduzam. Por mais gente que nasça no mundo, a Lei de Deus prevê que exista equilíbrio e harmonia no conjunto da natureza.

Aperfeiçoamento das raças.

Muitas raças poderão desaparecer, mas outras surgirão e tomarão os seus lugares.
Os Espíritos que antes habitavam (moravam) em corpos primitivos voltam em corpos aperfeiçoados (melhores), pois também as raças evoluem.
O homem civilizado de hoje descende de seres que davam mais importância à força bruta do que à inteligência. Hoje, ocorre o contrário. O homem inteligente que lê livros, faz do estudo uma prática diária e usa a ciência para fazer com que as raças melhorem, pois essa é a vontade de Deus.

Obstáculos à reprodução.

Deus é a causa primária de todas as coisas. Criou o Ser Humano com inteligência e dessa inteligência nasceu a ciência. Com a evolução da ciência o homem consegue controlar a sua própria reprodução (nascimento de filhos). Abortos são contra a lei natural. Mas o casal tem o direito de decidir quantos filhos deve ter (planejamento familiar) e sempre com muito respeito, levando em conta que não devem considerar somente o seu bem-estar pessoal, mas ajuda que podem dar aos Espíritos que esperam para renascer.

Casamento e Celibato.

O casamento é um progresso da Humanidade. São duas pessoas que se unem para evoluir juntas e adquirir condições seguras para criar seus filhos. O casal estará junto para se harmonizar, aprendendo a conviver. Por isso é importante que essas uniões sejam sempre de amor, sem outros interesses, para tornar fortes os seus relacionamentos; lembrando-se, sempre, de fazer ao semelhante o que gostaríamos que ele nos fizesse, evitando as separações, que devem ser a última opção.
Poligamia é o casamento, ao mesmo tempo, com mais de uma pessoa e não faz parte da lei natural, e sim humana, movida pelo prazer.
O celibato (ficar solteiro), por egoísmo, é contrário às leis divinas. Mais aquele que não se casa para dedicar-se ao serviço da Humanidade terá o seu valor.


(Fonte: Livro dos Espíritos para a Infância e Juventude. Volume2)



Tópicos:

*Compreender que o adultério é um erro,

*Aborto jamais!!! Porque deixamos de dar oportunidade a um irmão que precisa reencarnar e sua prática trás danos ao perispítito dos mesmos.

*A importância de se formar uma família, mas entender que nem todos vem para gerar filhos e para se casar. (cada caso é um caso)



Volto em breve!


1 comentários:

Luciene Miranda Beheraborde disse...

Adorei... não conhecia seu blog... vou copiar algumas aulinhas tá? mais claro com seus devidos credito...