Páginas

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Caridade: Parábola do Bom Samaritano.





Um professor da Lei (um especialista na explicação das leis de Deus) se levantou e querendo encontrar alguma prova contra Jesus, perguntou: - Mestre, o que devo fazer para conseguir a vida eterna?

Jesus respondeu: - O que é que está escrito nas Escrituras Sagradas?

O homem respondeu: -" Ame o Senhor Teu Deus de todo o teu coração, com toda tua alma, com todas tuas forças e com todo o teu entendimento, e ame o seu próximo como você ama a você mesmo".

Jesus disse: - A tua resposta está certa. Faça isso e terá a vida eterna!

O professor querendo justificar-se por ter feito a pergunta quando sabia a resposta disse: - Mas quem é o meu próximo?

Jesus usou uma história para mostrar aquele homem como é o amor de Deus.

- Certa vez, um homem, viajava de Jerusalém para Jericó. a estrada era de terra, cheia de poeira, mas a viagem estava tranquila, quando de repente...apareceram alguns homens maus querendo lhe roubar. E foi isso que aconteceu, aqueles homens roubaram tudo daquele homem, bateram nele; tiraram-lhe as roupas e o deixaram quase morto.

Precisava de alguém para socorrê-lo, não é?
Acontece que um sacerdote (pessoa que liderava o culto no templo, que orava pelo povo, parecido com o pastor de hoje) estava passando por aquele caminho. Quando viu o homem caído tratou logo de passar para o outro lado da estrada.

Também um levita (os levitas ajudavam os sacerdotes no serviço do templo) passou por ali. Olhou mas também foi embora pelo outro lado da estrada.

Um samaritano (pessoa nascida em Samaria, região que ficava entre a Galiléia e a Judéia. Os samaritanos eram um povo que não se davam com os judeus por causa da raça, religião e costumes) que viajava por aquele caminho chegou até o homem ferido, ficou com muita pena dele. Lavou seus ferimentos, usou vinho e azeite como remédio e colocou-o sobre o seu próprio animal.

E foi à pé, conduzindo devagarinho o animal, com todo o cuidado para o homem ferido não cair.
Levou-o para uma hospedaria onde cuidou dele. No dia seguinte, entregou duas moedas de prata ao dono da hospedaria, dizendo:

- Cuida deste homem para mim. Quando eu passar por aqui de volta, pagarei o que você gastar a mais com ele.

Então Jesus perguntou ao professor da lei:

- Na sua opinião, qual desses três foi o próximo do homem assaltado?

- Aquele que o socorreu - respondeu o professor da lei.

­ - Pois vá e faça a mesma coisa - disse Jesus.



Perguntar:

Quem somos nós na parábola? Aquele que passa ao longo da estrada ou o que socorre?

Quantas vezes assumimos o papel contrário ao Bom Samaritano?

Em quais circunstâncias?



ATIVIDADE 1


Colocar vários objetos em uma caixa: colher, boneca, caneta, foto de família, urso de pelucia, caderno, cartão, figuras de: pessoas abraçando, sorrindo, almoçando em família, brincando, etc.....Cada criança tira um objeto ou gravura e fala como pode ajudar o próximo relacionando o tema ao objeto ou gravura.Exemplo: - Boneca - brincar ou cuidar do irmão menor. Caderno: Ajudar o amigo na lição da escola...



ATIVIDADE2

Pedir exemplos do dia-a-dia sobre o que não é amor:

Brigar com os amiguinhos, não se importar com alguém que está sofrendo, não repartir o seu lanche , não emprestar seus brinquedos, etc....

Depois distribua folhas de papel sulfite e peça as crianças para desenharem ou escreverem atitudes de ajuda ao próximo. No final peça as crianças para falarem quais atitudes de ajuda ao próximo escreveram ou desenharam, relacione na lousa ou cartolina e peça as crianças escolherem pelo menos uma atitude a praticar durante a semana.



A VERDADEIRA CARIDADE É AQUELA EM QUE AUXILIAMOS DE BOA VONTADE SEM
ESPERARMOS NADA EM TROCA.

Exemplos:


A árvore que nos fornece o alimento, sombra e o ar puro sem nada cobrar.



A oportunidade que os pais dão a seus filhos de reencarnar.


O Sol que nos aquece e torna o horizonte ainda mais belo!


***Pedir que as crianças deêm outros exemplos.



PARA CASA

Seja reporter por uma semana!

Entrevistar seus amigos, professores e familiares e pedir que relatem uma situação em que se assumiu o papel de Bom Samaritano e o inverso.



Até breve!!!


0 comentários: